Não passei no TOEFL! E agora?

COMPARTILHE

Imagine a cena: você está se preparando para estudar nos Estados Unidos, reúne a documentação necessária, faz sua reserva financeira, traça todo o planejamento… E aí recebe a resposta da sua prova de proficiência: “Putz! Não passei no TOEFL! E agora?” 

O primeiro passo é respirar fundo, leitor Eagle! 

O segundo é saber que, tecnicamente, “não passei no TOEFL” não é exatamente o problema.

A questão é saber qual o nível de pontuação que a universidade ou escola para a qual você está aplicando exige. É nela que você vai ou não “passar”, o TOEFL vai te indicar o seu nível de domínio e conhecimento da língua inglesa. 

No fim das contas, você pode até achar que dá no mesmo (e a gente não discorda), mas é importante ter em mente essa diferença, ok?

Nos Estados Unidos, existem milhares de universidades públicas e privadas que oferecem os mais variados cursos. A Forbes divulgou o ranking das 10 melhores de 2021 há alguns meses e a UC Berkeley ocupou a primeira colocação.

Nela, a pontuação mínima do TOEFL IBT (o exame feito on-line, mais comum nos dias de hoje) é de 90 pontos

Porém, essa pontuação varia entre as universidades e você precisa estar atento, pois elas podem sofrer alterações ao longo dos anos. 

Agora, vamos ver as opções para você:

“Não passei no TOEFL e quero me preparar melhor”

Essa é uma das melhores opções que você tem à disposição, leitor Eagle! Afinal, a prova pode ser prestada quantas vezes você desejar, respeitando um intervalo mínimo que, hoje, é de 3 dias.

Dessa forma, você pode se preparar melhor, treinar as habilidades que a prova exige e, inclusive, o seu tempo de resposta.

O site oficial da empresa ETS, responsável pelo TOEFL, disponibiliza um teste gratuito para que você possa praticar. 

Além disso, separamos alguns pontos importantes sobre a estrutura da prova para você conhecer mais a fundo:

As habilidades avaliadas

Listening: como está a sua compreensão quando alguém fala em inglês? Uma dica útil aqui é assistir a filmes e seriados sem legenda e prestar bastante atenção às letras de música e podcasts americanos. A parte do listening aborda tanto situações cotidianas e sociais como conteúdos mais técnicos e acadêmicos. Fique ligado!

Reading: nesta seção do teste, as suas habilidades de leitura e interpretação de texto serão avaliadas. Os textos abordam assuntos gerais e podem ter formato acadêmico, chegando a uma página, aproximadamente. Portanto, um dos pontos principais que você precisa considerar é o seu tempo! 

Speaking: a sua habilidade de se comunicar em inglês por meio da fala também vai ser avaliada, é claro! Para isso, são feitas perguntas pessoais (que não precisam ter respostas sinceras, apenas lógicas e bem estruturadas, #ficaadica) e sobre assuntos variados. Não é sobre falar rápido, mas sobre articular as palavras de maneira clara, ligando as ideias de forma lógica e mostrando domínio do idioma (mas não se esqueça do tempo!).

Writing: a habilidade da escrita também aborda todos os pontos que falamos até aqui – temas variados, estrutura gramatical lógica, frases claras… Além disso, também leva em consideração a parte da ortografia e a exploração de diferentes palavras, conectivos, advérbios, phrasal verbs e por aí vai. Aqui também vale o aviso: pratique com um cronômetro ao lado!

A pontuação

A avaliação do TOEFL iBT considera pontuações que vão de 0 a 30 em cada uma das 4 seções que te mostramos. 

A nota máxima, portanto, é de 120 pontos.

Eles podem estar divididos entre 4 e 5 níveis de proficiência, dependendo da seção. Você receberá as informações completas junto com seu resultado.

“Não passei no TOEFL e quero outras opções de prova”

Esta também é uma opção super válida para você tentar seu intercâmbio de outra forma!

Muitas universidades americanas aceitam o tradicional exame IELTS, que tem um nível de complexidade considerado um pouco maior que o TOEFL iBT.

A novidade mais recente é o teste de proficiência do Duolingo

A corujinha expandiu sua área de atuação do aplicativo que ensina idiomas para o Duolingo English Test, que já é reconhecido por mais de 3 mil instituições. Entre elas, Yale, Duke University, Georgia Tech e muito mais. 

Vale a pena conferir!

“Não passei no TOEFL e quero outras opções”

Se você chegou até aqui e a pergunta que fica rondando é se é possível entrar na universidade sem uma nota mínima no TOEFL, ou até se é viável fazer um mestrado sem o  TOEFL, por exemplo, a resposta é sim! Mas temos algumas informações importantes sobre isso. 

Uma das opções são as faculdades comunitárias e alguns programas de graduação de até dois anos. Eles podem não exigir a proficiência pelo TOEFL ou IELTS, mas é muito importante que você confirme as informações diretamente nas instituições, indicando em qual curso tem interesse.

Outra opção é por meio da American Academy of English (AAE) que, de acordo com o próprio site e em livre tradução, “oferece um programa de acesso à faculdade projetado para estudantes que buscam admissão em nossas faculdades e universidades parceiras sem fazer o exame TOEFL”. 

Para isso, eles disponibilizam um Curso Intensivo de Inglês como Segunda Língua (ESL – English as Second Language) para Fins Acadêmicos, o chamado ESL 700.

Se você começar pelo nível intermediário, por exemplo, levará cerca de 24 semanas para estar apto a realizar o processo de admissão nas faculdades parceiras. Além disso, você vai contar com:

  • Turmas pequenas, com, no máximo, 8 alunos, para um ensino mais individualizado;
  • Livros e materiais incluídos;
  • Mais de 23 horas por semana de instruções;
  • Ritmo de estudo acelerado;
  • Trabalho de habilidades acadêmicas, como redação universitária e anotações.

Os destaques ficam para o aconselhamento personalizado, a assistência para o processo de inscrição na faculdade e a carta de admissão condicional da faculdade fornecida para pedidos de visto.

Entendeu como entrar na universidade sem TOEFL? Agora, confira a lista das que fazem parte deste programa e venha conversar com a Eagle para tirar as dúvidas que aparecerem!

“Não passei no TOEFL e agora estou mais tranquilo…”

Essa é a sensação que a gente espera que você esteja sentindo!

Seja qual for o caminho escolhido a partir de agora, saiba que, aqui na Eagle Intercâmbio, você conta com todo o suporte que precisa para recalcular sua rota!

Nosso time tem um amplo conhecimento na área e está sempre pronto para te apoiar durante o seu planejamento!

Entre em contato com a gente e vamos juntos para o seu próximo passo rumo aos Estados Unidos, com ou sem TOEFL!


Até a próxima!

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS
EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!