Apesar da alta do dólar, Nova York te espera de braços abertos 🚖

COMPARTILHE

Dica: você pode ler esse texto ao som de Empire State of Mind 🗽

Você acompanha as cotações das moedas internacionais para planejar suas viagens? Então, já sabe que estamos encarando a alta do dólar que, há pelo menos um ano e meio, segue acima de R$ 5,00. Mas isso não combina com o clima da música que sugerimos, não é mesmo?! 

Se você tem o sonho de viajar para Nova York e está há um tempo tentando buscar o melhor planejamento para tornar isso possível, chegou ao texto certo! 

Ah, e se você veio do futuro e esse cenário econômico já mudou (esperamos que para melhor!), seja bem-vindo também! O que vamos te mostrar aqui são dicas valiosas para que você aproveite o máximo da Big Apple gastando o mínimo possível!

Grand Central Station - Onde ir depois da alta do dólar.
Grand Central Station – um dos cartões postais de visitação gratuita em NYC

Quer saber como?!

Vem com a Eagle que vamos te mostrar sugestões de roteiros, passeios e atrações com valores que, apesar da alta do dólar, cabem no seu bolso – ou, em alguns casos, não vão nem passar perto dele!

Fique sempre ligado nos calendários dos eventos e nas disponibilidades e preços de cada sugestão que vai aparecer por aqui, pois elas podem ser alteradas sem ninguém avisar a gente!

Antes da nossa primeira parada, você precisa saber que Nova York tem atrações para todos os gostos e bolsos, durante as quatro estações do ano:

  • na primavera, que costuma ser a preferida dos brasileiros, com a melhor adaptação ao clima;
  • no verão, com muitas atividades ao ar livre, debaixo de um céu azulzinho;
  • no outono, que traz aquele clima romântico dos filmes que se passam no Central Park…
  • e no inverno, quando o clima, a música e as cores do Natal tornam a mágica dessa cidade ainda mais cativante!

Então, escolha a sua preferida, faça as reservas e…

Escolha o seu roteiro!

Se é a sua primeira vez na cidade que nunca dorme, vamos começar sugerindo alguns passeios clássicos, que não são afetados pela alta do dólar. Veja só:

A Estátua da Liberdade direto do Staten Island Ferry

Mais clássico do que ver a Estátua da Liberdade ao viajar para Nova York é impossível… Mas, com a alta do dólar, talvez esse passeio fique fora do seu do orçamento.

Porém, se você não faz questão de estar lá pertinho, uma ótima opção é embarcar no Staten Island Ferry, uma balsa que liga Manhattan à ilha chamada Staten Island. O passeio dura cerca de 25 minutos, passa pertinho da Estátua e o melhor: tudo isso sem pagar nada!

Staten Island Ferry  - Onde ir depois da alta do dólar.

Atravessar a Brooklyn Bridge e passear pelo Brooklyn Bridge Park

Brooklyn Bridge - Onde ir depois da alta do dólar.

Sensação de que já viu esse lugar antes, mas ainda não conhece Nova York? Não é à toa! A Ponte do Brooklyn é um dos cartões postais da cidade, ligando o distrito à Manhattan. É um destino que precisa estar no seu roteiro!

E, como prometido, a alta do dólar não vai interferir: você pode atravessar os mais de 1.800 metros de uma das pontes mais antigas dos Estados Unidos gratuitamente.

Ao final da travessia, você vai encontrar o Brooklyn Bridge Park, que tem diversas atrações artísticas e culturais acontecendo durante o ano todo. 

Ah, o Central Park…

Central Park - Onde ir depois da alta do dólar.

Enquanto a vista do Central Park lá do alto do Empire State Building é paga, ter a experiência de aproveitar o parque em sua plenitude é totalmente gratuito! 

Aqui, você encontra esculturas, lagos artificiais, cenários que parecem um bosque e até um jardim em homenagem a John Lennon, o memorial “Strawberry Fields”.

Algumas atividades são pagas, como a visita ao Zoo ou as aulas de Yoga, mas a alta do dólar não interfere nas corridas, passeios de bicicleta, shows ao ar livre… 

E o Memorial 11 de setembro?

Memorial 11 de setembro - Onde ir depois da alta do dólar.

Sem gastar nenhum dólar, aqui, você vai passar por uma das experiências mais marcantes da sua viagem. A cidade que nunca dorme respeita o memorial que homenageia as vítimas do atentado de 11 de setembro.

A atmosfera ao redor é diferenciada. A paisagem é de tirar o fôlego. Ainda hoje, 20 anos depois, ainda é possível encontrar flores junto aos milhares de nomes que estão gravados no memorial. É impossível não se emocionar! 

Nem só de clássicos vive NYC… 

Os passeios que não foram afetados pela alta do dólar vão muito além dos clássicos… 

Se você gosta de lugares descolados, não deixe de visitar a região de South of Houston, ou SoHo, para os íntimos. Galerias de arte e lojas luxuosas se espalham por ruas de paralelepípedo e formam cenários incríveis. Desde que você não escolha fazer compras por lá, o passeio segue dentro do orçamento!

Por falar em lojas, também vale a experiência conhecer algumas que parecem um mundo à parte:

  • Macy’s
  • Disney Store
  • M&M’s World
  • Apple Store

Se você gosta de arte, os museus precisam estar no seu roteiro! Alguns, como o Bronx Museum e o Folk Art Museum, fazem parte da nossa lista de passeios gratuitos. 

Já outros contam com alguns dias e horários específicos em que você pode visitar sem pagar nada. A dica aqui é passar pelo site oficial do museu e buscar as informações que nem sempre ficam muito visíveis… 

A arquitetura marcante da Catedral de St. Patrick’s é indicada mesmo para quem não é adepto à religião. É outro cartão postal da cidade:

Catedral de St. Patrick's - Onde ir depois da alta do dólar.

Os jardins botânicos de Nova York dão um show à parte. O Queens Botanical Garden tem entrada gratuita de novembro a março e o Brooklyn Botanic Garden traz a oportunidade por meio dos Community Tickets – confira se você tem direito a um deles e aproveite! 

Outro passeio de tirar o fôlego é pelo Aquário de Nova York! Aposto que não estava no seu radar, não é?! Às quartas-feiras, depois das 15h, a entrada é gratuita!

Dois lugares que não podem ficar de fora da lista são a Times Square e o Rockefeller Center:

Onde ir depois da alta do dólar.

Já percebeu que você pode passar uma semana, um mês ou um ano em Nova York e não vão faltar atividades? 

Por onde começar, afinal?

Agora que você já sabe que é possível, sim, aterrissar em Nova York, apesar da alta do dólar, e ainda fazer passeios e ter experiências inesquecíveis, vem conversar com a gente!

Aqui na Eagle, contamos com os melhores profissionais para te ajudar a transformar esse sonho em cartão de embarque!

Esperamos por você!

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!