Estude na Califórnia sem precisar fazer os exames SAT e ACT

COMPARTILHE

Novidade: os testes SAT (Scholastic Aptitude Test ou Scholastic Assessment Test) e ACT (American College Testing) não são mais exigidos pela Universidade da Califórnia. Sim, não fazem mais parte dos requisitos para a admissão no renomado grupo de 10 instituições de ensino dos Estados Unidos, incluindo Berkeley e UCLA. Gostou? E tem mais: essa medida pode contribuir também para que mais escolas adotem essa exclusão dos exames SAT e ACT. Com isso, outros aspectos da application serão privilegiados.   

Como isso funciona?

Em 2020, começa a eliminação gradual do SAT e ACT no processo seletivo dessas universidades estaduais californianas. Ou seja, para os próximos dois anos, esses exames são opcionais. Já em 2023, a pontuação nos testes será utilizada apenas para a concessão de bolsas de estudo, não sendo considerada no processo de admissão em si. 

Segundo o jornal New York Times, “espera-se que a medida acelere o momento das faculdades americanas para se afastarem dos testes, em meio a acusações de que eles são injustos com estudantes pobres, negros e hispânicos”. A publicação destaca ainda que o influente sistema californiano fará “um estudo sobre a viabilidade de criar seu próprio teste de admissão”.

Vale a pena fazer os exames SAT e ACT?

Nesses dois testes padronizados, a ideia é balizar o desempenho do aluno, considerando o conhecimento acadêmico e as competências para obter êxito no ensino superior (é similar ao ENEM). Enquanto o SAT é focado em leitura, escrita e matemática, o ACT envolve inglês, leitura, matemática e ciências. Isso significa que, se você quiser, pode sim fazer os exames. Entretanto, há inúmeras discussões sobre a efetividade dessas avaliações para os diferentes perfis de alunos, sejam eles nativos ou estrangeiros.

Desde o ano passado, cerca de mil instituições de ensino tornaram os exames SAT e ACT opcionais. Com a adesão da Universidade da Califórnia a esse movimento inclusivo, a tendência é que mais escolas deixem de lado a obrigatoriedade desses dois exames. Afinal estudos apontam para o aumento das inscrições e, consequentemente, para a ampliação da diversidade entre os candidatos. 

Por outro lado, é provável que ambos os testes continuem a fazer parte dos requisitos para ingressar nas competitivas escolas Ivy League, ao menos por enquanto. Por isso, a Eagle Intercâmbio está acompanhando de perto as novidades. Assim nossos alunos estarão sempre atualizados sobre as mudanças nos processos seletivos norte-americanos. 

Vale pesquisar a média dos alunos nos exames SAT e ACT onde você pretende estudar, antes de decidir se quer incluir o teste na aplicação. Afinal, se você se orgulha da pontuação obtida, por que não enviar? Vale também mencionar como você se preparou para os campos pelos quais se interessa, tal como as áreas conhecidas como STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics, em português: Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

E, fique tranquilo: caso opte por não incluir a pontuação dos exames SAT e ACT na aplicação, isso definitivamente não será um ponto negativo para os comitês de seleção das escolas que adotaram esses dois exames como opcionais. Em outras palavras, os responsáveis pelo processo de admissão consideram diversos outros fatores em uma candidatura, como, por exemplo, as notas no boletim, a participação em competições acadêmicas e o engajamento nas atividades extracurriculares.

Agora, o que muda sem a necessidade dos exames na Universidade da Califórnia?

A exclusão da obrigatoriedade dos exames SAT e ACT é uma medida que facilita o processo de aplicação para muitos estudantes, em especial para os estrangeiros que querem estudar nos EUA, incluindo nos 10 campi da Universidade da Califórnia (Berkeley, Davis, Irvine, Los Angeles, Merced, Riverside, San Diego, Santa Bárbara, Santa Cruz e São Francisco).

Essa evolução no sistema de admissão é uma boa notícia para os brasileiros, visto que, antes da mudança, os testes padronizados eram aplicados há mais de cinquenta anos. Isso desconsiderava as questões socioeconômicas de candidatos vindos de outros países. 

Agora, sem a exigência do SAT ou ACT, o próprio intercambista pode escolher se pretende fazer os exames ou não, livre da pressão de que esse poderia ser um ponto desfavorável para sua candidatura, privilegiando assim outros fatores: proficiência no inglês, cartas de referência, histórico escolar, atividades extracurriculares etc. 

Se quiser saber mais sobre como funcionam os exames SAT e ACT antes de tomar uma decisão, entre em contato com a Eagle. Temos um time de profissionais para te orientar em uma escolha mais assertiva, de acordo com seu perfil e suas aspirações. Vivencie plenamente seu american dream!

Quer saber mais sobre os exames e demais fatores que envolvem o processo seletivo para estudar nos EUA? Que tal começar colocando uma playlist com músicas sobre a Califórnia pra animar? Então, aproveite as “good vibes”, fale com os especialistas da Eagle Intercâmbio e prepare-se para estudar nas melhores faculdades americanas!

Conte com a Eagle para voar mais alto! 😉 

E-mail: arleth@eagleintercambio.com
Skype: arleth.gomes3
Messenger: http://m.me/eagleintercambio 

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!