Onde se hospedar em São Francisco

COMPARTILHE

Os bairros de Union Square e Fisherman’s Wharf são famosos, mas há outros bairros interessantes onde se hospedar. Tudo depende do seu perfil e do que quer fazer na cidade. Para decidir onde se hospedar em São Francisco talvez você gaste um pouco mais do que imaginava, mas há boas alternativas com características específicas que influenciarão na sua escolha. 

Dicas gerais para se hospedar em São Francisco

A principal é reservar com bastante antecedência, porque a cidade é muito procurada e isso afeta a disponibilidade e tarifas. Além disso, a maioria dos hotéis não incluem café da manhã. Se estiver de carro, pode ficar em uma região mais afastada pois o estacionamento não está incluso nas hospedagens e pode chegar a 50 dólares a diária. Muitos não têm nem estacionamento pago. Então, se possível, fique sem carro em São Francisco, porque além disso tudo o trânsito é bem pesado.

Fisherman’s Wharf

Essa região fica às margens da Baía de São Francisco, abriga o Píer 39 e fica bem perto do Píer 33, de onde saem os tours para Alcatraz. O bairro é residencial e está mais afastado do centro, por isso não tem vida noturna agitada. Há poucas opções de transporte porque não está conectado às linhas férreas e o bondinho sempre está lotado. Mas, ainda assim, é uma das regiões queridinhas dos turistas.

Union Square

É a praça mais famosa da cidade. Considerada a região mais badalada para se hospedar em São Francisco, ela fica no centro turístico e é repleta de opções de lazer e entretenimento. É muito fácil se locomover de bondinho, transporte público ou mesmo a pé, o que torna as hospedagens um pouco mais caras.

Chinatown

Esse bairro fica há algumas quadras da Union Square com preços menores de hospedagens. É uma boa opção para economizar sem abrir mão de uma boa localização. A Dragon’s Gate que está aqui é a maior fora da Ásia. A região tem lojas diversas, incluindo lojinhas de bugiganga da China, além de bons restaurantes.

Distrito Financeiro

Próxima de linhas importantes do transporte público, da orla de São Francisco e a uma distância caminhável da Union Square e do Yerba Buena. Tem pouca oferta de hospedagem e os preços são semelhantes aos da Union Square.

Nob Hill

Essa região tem vistas lindíssimas de São Francisco, porque fica em um ponto alto da cidade. A linha de bondinho é turística, de lotação razoável e de ticket ilimitado, estilo hop on hop off (algo como “monta aí e desce em seguida”, rs). As tarifas de hotel são mais baixas que as da Union Square.

SOMA e Yerba Buena

Consiste em um conjunto de ruas no centro ao sul da Market Street. O trecho mais recomendado para hospedagem é o entorno do parque Yerba Buena porque fica perto da Union Square. O centro de exposições Moscone está localizado aqui, junto a restaurantes, bares, o Museu de Arte Moderna e a feira gastronômica do Ferry Building. Talvez seja a melhor opção onde se hospedar em São Francisco para um intercâmbio.

The Castro

É conhecido como o bairro LGBT+ de São Francisco, porque era aqui que Harvey Milk discursava e ainda há várias referências à luta LGBT+ pelas ruas. Cheio de bons restaurantes e com uma oferta vasta de transporte público. Vale colocar essa região na sua lista de possíveis locais onde se hospedar em São Francisco (até porque as festas são MA-RA-VI-LHO-SAS).

Marina de São Francisco

Por aqui ficam pontos importantes como a Lombard Street, o Palace of Fine Arts e a entrada do Presidio Park. Os hotéis parecem motéis de beira de estrada americana, mas apresentam tarifas bem mais baratas e têm estacionamento gratuito. O acesso ao transporte público é limitado e a vida noturna quase inexistente.

South San Francisco

É a região do aeroporto com várias redes de hotéis com preços atraentes e estacionamento incluído na diária. Muitos oferecem transfer para uma estação de trem que fica a 30 minutos do centro, mas não tem muitas opções de restaurante ou entretenimento.

Cidades Satélite

Emeryville, Oakland e Berkeley ficam a um trem de distância de São Francisco. A linha de trem tem alta frequência e horários de funcionamento abrangentes. São ótimas opções para se hospedar em São Francisco sem carro. Em Oakland também tem áreas não recomendadas para se hospedar, então preste atenção. 

Sausalito fica colada na Golden Gate Bridge e aqui você poderá passear à beira mar e aproveitar a estrutura da orla. Você pode se locomover de carro, ferry boat ou bicicleta (as ciclovias são ótimas). Todas essas cidades têm bons restaurantes e costumam ter estacionamento gratuito nas hospedagens.

Tenderloin e Civic Center

São dois bairros vizinhos à Union Square, mas que você talvez você queira riscar da sua lista de onde se hospedar em São Francisco: essas áreas são cheias de instituições de assistência a pessoas em situação de rua, são desertas e podem ser perigosas à noite. A proximidade com a Union Square pode ser uma cilada. Tome cuidado: uma hospedagem muito abaixo do preço pode estar localizada em um bairro não tão bacana 🙁

Viu só como a escolha de um lugar para se hospedar em São Francisco pode mudar toda a sua experiência de intercambista? Agora, para viver um sonho na Terra, fale com a Eagle Intercâmbio!

E-mail: arleth@eagleintercambio.com
WhatsApp: +1 (650) 315-1607
Messenger: m.me/eagleintercambio

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!