Estudantes podem trabalhar nos EUA?

COMPARTILHE

Ei, você: quer trabalhar nos Estados Unidos com seu visto de estudante?

Se você possui o visto F1, pode dar entrada na #OPT (Optical Practical Training), que é uma permissão para estudantes colocarem em prática o que aprenderam ao trabalhar com coisas relacionadas ao seu curso. Isso é válido, geralmente, para cursos de graduação, pós-graduação, MBA, mestrado e doutorado.

Mas como funciona a #OPT? São dois modelos, cada um com suas particularidades:

1. Post-completion OPT
É o modelo mais comum, onde alunos que completaram seu curso pedem uma extensão de visto por mais 12 meses, para buscar um trabalho.

2. Pre-completion OPT
É o caso em que o aluno solicita para trabalhar durante o curso. A permissão garante até 20 horas de trabalho semanal, ou tempo integral, durante as férias escolares.

 

O que é #STEM?

Alunos das áreas de Science, Technology, Engineering, Mathematics podem solicitar o post-completion OPT e ao final do período de 12 meses dar entrada em uma extensão de até 17 meses, totalizando uma experiência de trabalho de 29 meses nos Estados Unidos. Isso acontece porque a demanda por esses profissionais é muito alta no país.

 

Como solicitar a OPT?

Eis um dos processos que possuem mais detalhes, mas é simples com a ajuda da Eagle Intercâmbio 

Você irá precisar da ajuda do seu DSO (Designated School Official), que irá te recomendar para o OPT. A universidade é que irá tomar essas duas medidas:

1. Endossar o seu I20 (o formulário de imigração preenchido para a obtenção do seu visto F1);

2. Entrar em contato com a SEVIS, orgão responsável por conferir as informações prestadas pelos estudantes de intercâmbio, para checar se estão estudando regularmente no país.

Aí será necessário preencher um documento chamado EAD (Employment Authorization Document – I-765), além de pagar uma taxa de USD 380. Esse processo deve ser realizado entre 90 dias antes e 60 dias após o término do programa de estudos. Após o preenchimento, a universidade encaminha os dados para a SEVIS em até 30 dias.

A OPT é enviada para avaliação da USCIS (US Citizenship and Immigration Services – responsável pela situação dos imigrante no país), e assim que o EAD for aprovado já é possível começar a trabalhar.

 

Agora que tenho uma OPT, posso tirar meu visto de trabalho (H1-B)?

Não é bem assim que funciona, pois o H1-B depende do empregador, mas claro que a OPT é a porta de entrada. Várias empresas decidem manter o contrato após a validade da OPT, e assim patrocinam o visto de trabalho. Isso não retira nenhuma das obrigações em relação ao visto, como a necessidade de aplicar até 01 de abril para trabalhar a partir de outubro (isso se o processo for aprovado).

Esse período é conhecido como “cap gap”, e o estudante pode solicitar permanência nos EUA ou retornar ao país de origem enquanto aguarda a resposta de seu visto H1-B. Isso faz com que algumas empresas prefiram encerrar o contrato de trabalho, pelo tempo em que precisarão aguardar para ter o colaborador trabalhando novamente. Por isso, a lei agora costuma estender a OPT de todos os estudantes que deram entrada no H1-B, desde que estejam com o F1 em dia, para que possam continuar atuantes no mercado durante esse período.

Quando o H1-B é aprovado, basta solicitar a alteração de visto de estudante para trabalho, sem a necessidade de sair dos EUA.

 

O que é a CPT?

A “Curricular Practical Training” trata-se de uma OPT mais informal. Algumas universidades exigem esse processo, para que o aluno realize estágios (normalmente não-remunerados), mas também há casos de alunos que solicitam a CPT para garantir créditos estudantis. É algo bem mais simples: basta ter o visto F1 regular e ter cursado ao menos 9 meses completos na universidade americana.

É um procedimento aprovado pela USCIS, mas cada universidade tem seu procedimento e suas regras para solicitação e obtenção da CPT. Consulte o departamento de estudantes internacionais de sua instituição de ensino para saber detalhes.

E você? Já trabalha ou trabalhou nos Estados Unidos com uma OPT? Compartilhe a sua experiência com a gente!

#eagle #eagleintercambio #sanfrancisco #california #americandream#americanlife #livingthedream #visa #studentvisa #exchangetravel

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!