Teste de proficiência em inglês: 5 opções para avaliar a fluência

Teste de proficiência em idiomas - dicas para fazer o seu.

COMPARTILHE

É comum fazer provas para “testar” o aprendizado em quaisquer ações formativas, concorda? Aliás, esse método de avaliação, chamado de teste de proficiência, também é aplicado nos cursos de idiomas, sabia? 

Faculdades, universidades e outras instituições de ensino avaliam o conhecimento adquirido pelos resultados desse teste. Em se tratando de uma língua estrangeira, o objetivo é avaliar a habilidade de comunicação do estudante em outro idioma.  

Normalmente, o teste é dividido em quatro provas, avaliando a aptidão na forma escrita e falada, bem como na audição e leitura. Assim, o aluno comprova as habilidades adquiridas para se comunicar fluentemente em outro idioma. 

Teste de proficiência em inglês, o mais procurado

Dentre as mais de sete mil línguas existentes no planeta, estima-se que o inglês seja falado por mais de 1,5 bilhão de pessoas. Nativos e não nativos, que, por sua vez, têm esse idioma como sua segunda língua, se comunicam através dela.

Por isso mesmo, o teste de proficiência em inglês é muito procurado por estudantes de todas as nacionalidades. Eles são aplicados por universidades de países que têm o inglês como língua nativa e, assim, são aceitos por instituições e empresas do mundo todo.

A avaliação é feita com base no Marco Comum Europeu, que é um ranking de padrão internacional com seis classificações. Enquanto os iniciantes e de nível básico ficam no A1 e A2, os intermediários e pós estão entre B1 e B2. Já os avançados e proficientes vão para o C1 e C2. 

Como é feito o teste de proficiência oral?

Existem vários tipos de testes de proficiência e cada um deles tem regras de aplicação e finalidades diferentes. Em todos eles, além do tempo destinado à conversação, a avaliação contempla a habilidade de leitura, compreensão auditiva e escrita.  

As provas são aplicadas por nativos do idioma estrangeiro que se pretende avaliar, então, os candidatos terão sua fluência testada. Portanto, assim como acontece no Brasil, sotaques e expressões regionais podem aparecer nessa fase do teste. 

5 principais testes de proficiência em inglês

Existem diversos tipos de testes de proficiência destinados a avaliar o nível de conhecimento do candidato nessa língua. Eles se diferenciam pelo objetivo da prova e, também, pelas diferentes regras de aplicação.

Achou interessante e quer saber mais?  Então, segue aqui porque preparamos uma lista com informações para você ficar por dentro de tudo.

Olha só:

  1. TOEFL 

O Test of English as a Foreign Language é o mais famoso do mundo e aceito em mais de 130 países. Instituições de ensino superior e universidades exigem esse teste como requisito básico para aceitar alunos estrangeiros. 

É dividido em Internet Based Test (IBT), e Institutional Test Program (ITP), que é uma versão mais simplificada. O primeiro tem objetivo acadêmico e o segundo é solicitado, por exemplo, pelo programa brasileiro Ciência sem Fronteiras. 

A prova dura cerca de cinco horas e sua pontuação geral varia de 0 a 120, sendo o máximo de 30 pontos para cada habilidade avaliada. Em cada fase, o grau de dificuldade aumenta, evitando acertos por sorte ou o famoso “chute”. 

  1. TOEIC

O Test of English for International Communication é o mais exigido para fins profissionais, requisitado por empresas e agências governamentais. Ele tem validade de dois anos e é feito de forma presencial, por cerca de quatro horas. 

A prova se divide em duas partes, sendo a primeira com 200 perguntas destinadas à avaliação da audição e leitura do candidato. Já a segunda parte avalia a fala e a escrita. Por fim, a pontuação geral varia de 5 a 495 pontos para cada categoria. 

  1. IELTS

Desenvolvido na Universidade de Cambridge, o International English Language Testing System é o mais requisitado pelas universidades europeias. Aceito em mais de 140 países, ele se divide nas modalidades Academic e General Training.

A primeira é voltada para estudantes que buscam universidades estrangeiras e, a segunda, para quem busca emprego ou estágio no exterior. Essa prova tem duração máxima de três horas e sua pontuação geral varia de 0 a 9.

  1. FCE

O First Certificate in English é um dos mais populares do mundo quando o objetivo é a certificação do nível B2 de inglês. Por sinal, o atestado do nível intermediário superior comprova que o aluno domina suficientemente o idioma.

Assim, ele comprova ser capaz de falar e escrever em inglês em situações reais de comunicação acadêmica ou profissional. A pontuação da prova varia de 0 a 100 e classifica o aluno em três níveis. 

  1. CELTA

Desenvolvido em Cambridge, o Certificate in Teaching English to Speakers of Other Languages é voltado para os professores de inglês. Reconhecida mundialmente, essa certificação garante a qualidade da instituição criadora.

Possibilita ao professor a oportunidade de dar aulas de inglês às pessoas de outras nacionalidades. E melhor: ele pode fazer isso morando ou trabalhando em qualquer lugar do mundo, já que tem mais chances de conseguir emprego na área. 

Bônus: EFSET 

O EF Standard English Test é um certificado gratuito, voltado para o mundo profissional, que atesta o nível de inglês. Por meio dele, as empresas contratantes compreendem melhor as habilidades de seus colaboradores e candidatos. 

Seu foco é a avaliação da compreensão oral e escrita do inglês e não a expressão, ou seja, ele mede o quanto o aluno entende. Por isso, o exame não é aceito para ingresso em universidades estrangeiras e, ainda, qualquer pessoa pode realizar a prova. 

Afinal, é importante fazer o teste de proficiência?

Como é uma língua considerada universal, várias atividades que realizamos nos colocam em contato diário com o inglês. Aplicativos, filmes, músicas, jogos e termos específicos de várias profissões são repletos de palavras dessa língua.

Além disso, viagens, intercâmbios e melhores oportunidades de trabalho são motivadores pela busca desse conhecimento. Fazer um teste de proficiência reconhecido internacionalmente abrirá muitas portas. 

Alguns testes são requisitados por universidades e no meio acadêmico, enquanto outros são específicos do mundo corporativo. Cada um deles tem preços diferentes e, aqui no Brasil, agências parceiras das instituições em que são exigidos aplicam esses testes.   

E então, já imaginou como o teste de proficiência em inglês pode ser o começo de novas oportunidades? A Eagle é uma agência especializada em todas as etapas do intercâmbio, inclusive nos cursos preparatórios para o TOEFL, por exemplo. 

Que tal saber conhecer mais sobre os testes e o nosso curso? Entre em contato conosco. Estamos esperando por você!

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS
EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!