Seguro viagem: é importante e necessário!

Seguro viagem

COMPARTILHE

A sua viagem dos sonhos está prestes a acontecer. Aquele intercâmbio desejado ou uma eurotrip mais do que planejada está com quase todos os detalhes certos. Falta apenas o seguro viagem que alguém lhe falou e você não deu tanta importância.

As roupas e acessórios foram separados, todos os documentos e passaporte estão ok. Nessa hora você olha a sua “bolsinha de remédios” e pensa: o seguro viagem! Você observa os remédios lá dentro e vê o que eles atendem: de dor de cabeça à enxaqueca; da leve dor de estômago às terríveis desinterias, analgésicos e toda a sorte de medicamentos.

Em seguida, passa a questionar se um seguro de viagem internacional (ou até mesmo nacional) é importante mesmo. Mas será que ele cuida apenas de questões relacionadas à saúde?

O que cobre o seguro viagem internacional?

Histórias sobre perrengues em viagem não faltam, não é mesmo? Inclusive, não é difícil encontrar publicações em redes sociais falando sobre bagagens que foram parar há uma centena de milhas de distância ou sobre uma volta antecipada de última hora.

O que fazer nessas horas? A quem recorrer? A resposta é simples, o seguro viagem. Mas, afinal, o que cobre o seguro viagem internacional?

  • Cancelamento de viagens;
  • Volta antecipada;
  • Extravio, roubo, furto e destruição de bagagem;
  • Auxílio médico em caso de doenças

Mas e o seguro viagem nacional? Também cobre as mesmas coisas e, dependendo do plano, cobre outros eventuais problemas que podem acontecer. Por isso, aconselho que você leia bastante sobre as seguradoras e a diferença entre os diversos planos.

Cada empresa tem suas particularidades, ou seja, não vá achando que todos os planos são iguais e que atenderão você plenamente. Afinal, você não quer arruinar a sua viagem dos sonhos, não é mesmo?

E, se por um acaso, você for uma pessoa que acredita ter boa sorte e que problema nenhum vai te afetar, saiba que não ter um seguro viagem pode te dar a maior dor de cabeça…

Vai visitar meu país? Só entra aqui se tiver seguro viagem!

Onde eu coloquei o meu seguro viagem?”

Em um mundo “sem fronteiras”, é muita inocência achar que qualquer país te receberá de braços abertos só com um visto e um passaporte. Sim, viajante, existem países que exigem seguro viagem.

E não é qualquer pacote, precisa ser um com a cobertura que o país exigir. Por exemplo, os países que adotaram o Tratado de Schengen, todos do continente europeu, só liberam a entrada do turista se ele possuir um seguro viagem internacional no valor mínimo de € 30.000 (trinta mil Euros).

Ao todo, no Tratado de Schengen, são 25 países que exigem a segurança de que um estrangeiro conseguirá arcar com despesas caso aconteça algo fora do roteiro. E se isso não foi o suficiente para convencer você, o que vem a seguir certamente irá.

Nem todos os países possuem assistência médica gratuita, como o SUS aqui no Brasil. Pior que isso, os altos custos de qualquer atendimento clínico pode não só acabar com a sua viagem, mas suas economias também.

Por isso, mais de 95% dos turistas que querem visitar a terra do “tio Sam” adquirem o seguro viagem para os Estados Unidos. E tenho certeza de que esse número seria muito maior se todos vissem o documentário Sicko, do aclamado diretor Michael Moore.

Durante quase duas horas você verá a luta dos norte-americanos por acesso à saúde sem ter que penhorar as jóias da família ou hipotecar a casa. Você não quer ter essa despesa exorbitante como lembrança da sua trip, certo?

Portanto, tão importante quanto montar sua bagagem é cuidar da sua segurança e ter um braço de apoio em sua terra natal. Mas como fazer isso?

Quanto custa fazer seguro viagem?

O custo está atrelado ao pacote que você deseja, assim como a seguradora que foi escolhida. Existem planos super básicos, que irão te ajudar nos assuntos mais simples, como um ressarcimento de consulta médica.

Existem outros em que o plano é mais completo e te dão uma cobertura igual ou superior aos 30 mil Euros citados acima. Entretanto, não é só a especificidade do plano que determina o custo do seguro viagem.

Destino e números de dias de viagem também influenciam o valor total. Dessa forma, você só irá descobrir de fato quanto custa o seguro viagem se fizer algumas cotações já tendo essas informações em mãos.

Quem pode me ajudar com seguro viagem?

Geralmente, agências de turismo e empresas especializadas em intercâmbio, como é o Caso da Eagle, podem te orientar do início ao fim. Por exemplo, aqui na Eagle você consegue:

É simples e sem dor de cabeça, pois o papel de uma agência de turismo e intercâmbio é facilitar a sua vida ao máximo para que você aproveite cada segundo da sua jornada.

Quer fazer uma simulação? Não tem problema, você consegue realizar uma cotação de seguro viagem conosco sem custo algum e com o melhor atendimento. Desejamos uma boa e segura viagem! Até a próxima!

COMPARTILHE

LEIA TAMBÉM!
TAGS
EnglishPortuguêsEspañol

FAÇA UM ORÇAMENTO

Quer saber mais sobre Intercâmbio ou Vistos?
Preencha os dados abaixo e nossos consultores te ajudarão a ter a melhor experiência!